Buscar
  • fernandategoni

Guerra dos Sexos - a cultura patriarcal

Discutimos aqui na conexão rendeiras que a grande maioria dos casos de violência contra à mulher, principalmente a violência silenciosa, não tem a ver com caso a caso, mas sim com uma sociedade machista.


A violência contra mulher nasce exatamente da cultura patriarcal que acaba deixando essa competição entre quem é melhor, ou quem sabe mais, ou quem tem mais tarefas e consegue fazer mais coisas, ou melhor, que jeito que a mulher tem que ser, que jeito que o homem tem que ser.



A partir desses parâmetros rígidos, muitas vezes, acabam simulando uma guerra entre os sexos. E é a estrutura social, que é uma estrutura definitiva no papel da violência contra mulher, no ponto de vista de muitas autoras com quem nós, aqui nas Rendeiras, concordamos e compactuamos.


A partir da mudança da cultura que a gente consegue mexer nessa cultura e nesse contexto e, a partir disso, a gente consegue diminuir a violência contra nós mesmas.


Vocês já se deram conta do que podem fazer no dia a dia pra mudar essa cultura que aprisiona mulheres a homens e acaba nos deixando dentro desse ciclo de violência, cada vez mais contundente?

Vamos pensar juntas sobre atitudes que podemos tomar no dia a dia que possam

ajudar na mudança da cultura do patriarcado.


Leiam mais os nossos textos, nos sigam nas redes sociais e não esqueçam de assistir ao vídeo da psicóloga Ângela Figueiredo sobre essa “Guerra dos Sexos”.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo